SEO local para agências WordPress

11 min.
Local SEO for WordPress Agencies

A proximidade física com a agência supervisora de web design continua a ser um argumento que ultrapassa todos os outros para as pequenas e médias empresas. Como conquistares clientes da tua área para a tua agência de web design através do Google.

Num campo onde muitos dos teus concorrentes conhecem a importância da alta visibilidade dos motores de busca locais, um bom aconselhamento SEO é dispendioso. Há muitas maneiras de as agências WordPress conseguirem negócios, tais como através de performance marketing, recomendações/referências, grupos do Facebook ou portais de classificados. No entanto, a otimização de motores de busca para agências de web design ainda é frequentemente tratada de forma madrasta.

As vantagens da SEO Local

"Demora muito tempo", "Demasiada concorrência" e "Volume de busca demasiado baixo" são razões que são então frequentemente apresentadas. Mas isto não faz justiça à otimização dos motores de busca, porque os/as clientes que já procuram ativamente uma agência na área de WordPress ou web design na sua área já estão muito avançados no processo de compra. E são, portanto, pré-qualificados. A longo prazo, isto permite poupar dinheiro na aquisição de clientes.

Motivo suficiente para prestares mais atenção ao tema da otimização de motores de busca para agências WordPress. Porque SEO é um ofício que se pode aprender. Vou mostrar-te como dominares os resultados da busca na tua cidade com a tua agência WordPress.

Primeiro de tudo: Tem em atenção que "tens de dançar em vários casamentos". Porque a classificação local (orgânica) está dividida em duas partes. Consiste no Maps Pack (por vezes chamado de Snack Pack, referindo-se à caixa no topo dos resultados de pesquisa do Google que aparece para pesquisas locais) e os resultados reais da pesquisa orgânica.

Local Ranking Google
Resultados da pesquisa local no Google

Deves estar visível em ambos, caso contrário estás a esbanjar um potencial enorme. Mas como proceder para seres melhor encontrado pelos/as clientes locais, por exemplo, na área do web design?

Tomar consciência do teu posicionamento

A primeira e mais importante coisa que tens de fazer antes de começares a optimizar: deixar claro o que realmente ofereces, com o que podes ajudar quem pesquisa e que consultas de pesquisa isto irá causar.

Muita oferta não ajuda muito, ou alguma vez comeste umas boas sardinhas assadas num restaurante alemão? A especialização numa área temática pode ajudar-te a seres o contacto número 1 para o teu tema. Os motores de busca também recompensam este estatuto de especialista. Não caias na ideia errada de que obterás mais clientes como fornecedor/a de serviços completos porque o teu público-alvo é maior, e torna-se muito mais fácil comparar-te. Outro ponto de bónus: subirás no Google muito mais rapidamente porque o volume de pesquisa diminui e tens cada vez menos concorrência.

Se trabalhas exclusivamente com WordPress, queres ser encontrado apenas para isso. Se estiveres a implementar sites apenas para comerciantes, precisas de visibilidade para isso. Por outras palavras: se quiseres classificar os termos de pesquisa que não consegues cem termos de serviços, não podes, de facto, satisfazer as necessidades dos/as utlizadores/ass. Isto significa inevitavelmente que os/as utilizadores irão então desistir e tu recebes sinais negativos do/a utilizador/a. Isto é a morte da SEO antes mesmo de ter começado.

Na tua pesquisa inicial de palavras-chave, só deves, portanto, começar com os termos de pesquisa que podes cobrir. Não fiques cego com os elevados volumes de pesquisa que as palavras-chave genéricas têm. As palavras-chave com os baixos volumes de pesquisa são as que te trarão mais pedidis mais tarde, acredita.

Só trabalhas para um determinado ramo ou grupo-alvo como médicos ou artesãos? Óptimo! Que tudo isto flua para a seguinte palavra-chave de pesquisa.

Encontra as palavras-chave certas

A pesquisa pura de palavras-chave para as tuas páginas de serviços não é demasiado complexa. Em primeiro lugar, faz uma introspeção e um brainstorming de ideias sobre o que os teus e tuas clientes procuram para te encontrar. Exemplos que são normalmente muito populares:

  • "Wen design" + cidade
  • "Agência de web design" + cidade
  • "Ter um site criado" + cidade

Lembra-te que só deves realmente otimizar pelo que ofereces. Caso contrário, perderás o foco e criarás a tua própria concorrência.

A seguir, pergunta aos teus e tuas clientes que palavras e termos de pesquisa usariam se estivessem à procura dos teus serviços. Isto dá-te uma boa base e seed-keywords", palavras-chave "semente", com as quais podes inicialmente introduzir a próxima pesquisa de palavras-chave mais profunda.

O Dominik já explicou muito bem neste artigo sobre a pesquisa de palavras-chave como fazer isto passo a passo. Considerar também a criação de conteúdos para o início da "customer journey". Por exemplo, num blogue ou revista, em que se explica e informa sobre o tema do web design e outros temas semelhantes.

Optimiza o teu site atual

Depois de teres determinado as palavras-chave foco para os teus sites de agência, podes começar a otimizar os princípios básicos de onpage do teu site. Antes de mais, faz uma extensa auditoria SEO ao teu site. Isto dar-te-á uma visão geral de como as coisas estão atualmente no teu site e quais das seguintes medidas deverás priorizar.

Otimizar metadados

A tag título ao nível da página do teu site é um fator de peso para os motores de busca. Em qualquer caso, deve conter a palavra-chave de foco para a página correspondente, de preferência logo no início. Toma atenção para não tornares o título e a meta descrição demasiado longos, caso contrário serão cortados. Podes validar os teus metadados com o gerador de snippet grátis do SISTRIX.

SERP Snippet Generator
O SERP Snippet Generator da SISTRIX

Encurtar o tempo de carregamento

Se diriges uma agência de web design, presumo que te preocupas com o desempenho do teu site. É também imperativo que siga os princípios básicos do design harmonioso da web em termos de usabilidade adequada.

Uma das maiores alavancas no desempenho pode ser a mudança para um host WordPress decente. Se te faltar a base para que o teu site funcione corretamente, trpoças logo no início. O Google há muito que confirmou que os Core Web Vitals serão um fator de classificação oficial. Em termos gerais, estes incluem: 

  • o tempo de carregamento e 
  • a estabilidade dos teus layouts. 

Quando se trabalha com WordPress, isto está muitas vezes bastante relacionado com os temas e plugins utilizados. Se utilizares um tema para a criação do teu site, então vê todos os modelos possíveis com a Ferramenta PageSpeed do Google. Aí podes ver como ele se comporta em termos de tempo de carregamento e Core Web Vitalsga.

Google PageSpeed Test Results
Resultados da Ferramenta PageSpeed do Google

Escolhe com cuidado. Há imensos temas WordPress bonitos para todos os fins, mas infelizmente muitos deles são tecnicamente de baixa qualidade, na melhor das hipóteses. Se quiseres ser classificado a longo prazo, tens de pensar na escolha do tema .

Cria uma arquitetura inteligente do site

Um erro que ocorre frequentemente, especialmente com stes em crescimento: a estrutura URL. Mantém a estrutura URL tão plana quanto possível e orienta-te nas pessoas. Como se pode ver claramente onde se está apenas pela leitura do URL? Esta deve ser sempre a tua questão central.

Para a tua classificação local, é também sempre uma boa ideia colocar a tua palavra-chave no URL. Continuando com o nosso exemplo inicial, um URL adequado seria https://teusite.com/webdesign-lisboa.

Aposta em landingpages locais

Isso leva-nos à próxima coisa que podes utilizar para aumentar a tua visibilidade: landingpages locais. Digamos que já és encontrado na cidade onde está sediado: o negócio ou é bom porque estás bem classificado, ou é mau, porque a cidade é tão pequena que quase não buscas. Então, podes expandi-lo em teoria.

Isto significa que te podes classificar organicamente mesmo em cidades onde não tens um endereço comercial. No entanto, simplesmente copiar as páginas não é suficiente aqui; não há como evitar a criação de conteúdo exclusivo para cada landingpage local adicional. As diferenças ou condições locais em particular são frequentemente adequadas para obter um acesso diferente aos textos e ao conteúdo da página.

Enriquece o teu snippet

Os resultados da busca no Google estão a tornar-se cada vez mais extensos e os/as utilizadores/as por vezes já nem sabem onde procurar. Anúncios pagos, featured snippets, gráficos de conhecimento e muito mais fazem com que pareças insignificante com um snippet padrão na página de resultados da busca.

Por conseguinte, deves sempre esforçar-te por ocupar o máximo de espaço possível na primeira página de resultados da busca. Especialmente no setor dos serviços, um rich snippet com muitas estrelas de classificação vale ouro. É assim que obténs estrelas na tua listagem:

Por definição, isto não é um fator de classificação, mas ajuda-te enormemente a aumentar a taxa de cliques. A concorrência não dorme e, especialmente no campo do web design, muitas agências têm snippets cheios de estrelas.

Rich Snippets WordPress Plugins
Em WordPress.org encontras inúmeros plugins Rich Snippet

Trata da SEO off-page

Lançámos agora as bases para que tenhas a oportunidade de jogar bem no topo. Mas o melhor espartilho técnico on-page não tem qualquer utilidade se não tiveres citations consistentes e um perfil de ligação limpo. Explicar-te-ei como podes fazer isso já a seguir.

O clássico na otimização off-page é a construção de links. Links fortes são para os rankinks algo como a tua espinha dorsal. No entanto, é difícil construir links realmente valiosos - é isto que separa o trigo do joio quando se trata de otimização para motores de busca.

O teu objetivo para a tua agência WordPress é gerar tanto backlinkslocalmenterelevantes (diretórios, portais de cidades, etc.), como também backlinks tematicamente relevantes (portais especializados, artigos de convidados, etc.). Se precisares de apoio para isto, contacta uma agência de SEO profissional, porque a construção de backlinks é realmente muito importante.

Utiliza a imprensa local

Tens um contacto no jornal local? Ótimo! Os/As editores/as locais ficam muitas vezes satisfeitos por receberem uma história. Pergunta-lhes se gostariam de escrever um pequeno artigo sobre ti e a tua agência. Todos os jornais locais têm agora um serviço de publicação online ou um site. Certifica-te de que o artigo é publicado lá e que o site (que muitas vezes tem uma elevada classificação de domínio com os jornais locais) tem links para o teu. Qualquer link local irá ajudar-te bastante.

Imita os links dos teus concorrentes

Esta tática pressupõe que tenhas à tua disposição uma ferramenta SEO decente como ahrefs ou SISTRIX. O princípio básico aqui é avaliar os links da tua concorrência dos 5 primeiros resultados e replicar os mais adequados. Assegura-te de que só constróis apenas links que sejam tematicamente relevantes. Todos os outros links são, na sua maioria, um esforço desperdiçado.

Isto requer muito trabalho de investigação e aquisição, mas acima de tudo experiência na avaliação da qualidade do backlink.

Evita links no rodapé

Uma suposta vitória rápida para gerar rapidamente muitos backlinks como agência WordPress são os bem conhecidos links no rodapé dos sites dos/das clientes. Isto não é mau nem repreensível em si mesmo. O problema principal é que a tua relação domínio-link sofre muito. Isto porque o rodapé (e portanto o link) é normalmente exibido em cada uma das sub-páginas do site.

No caso de uma loja WooCommerce com produtos, isto pode rapidamente ascender a várias centenas de backlinks que na realidade só provêm de um domínio. Isto em si não tem valor acrescentado e sugere aos motores de busca que se trata de um perfil de link não natural. Na pior das hipóteses, isto chama a equipa de spam e tu recebes uma penalização manual.

Constrói citations

Um fator pouco conhecido, mas ainda importante na otimização de motores de busca locais para agências WordPress é a construção e manutenção das chamadas "citations". Estas citações são simplesmente menções ou referências de uma empresa com dados tais como nome, morada e número de telefone. Em contraste com a construção clássica de links, não se trata da referência clicável à tua página, mas apenas da menção dos dados mencionados. Estes encontram-se principalmente em diretórios de empresas ou portais online.

Os motores de busca utilizam estes dados - também chamados "NAP" (Nome, Morada, Telefone) - para verificar se é um negócio genuíno e quão credíveis e atualizados são os dados. Isto só faz sentido, porque muito poucasporque muito poucas lojas locais se encarregam de atualizar os dados nos vários portais de forma independente quando o número de telefone ou endereço de e-mail muda.

É muito importante aqui que prestes especial atenção ao facto de que todos os dados são rigorosos. Isto significa que os dados em todos os portais e diretórios onde podes ser encontrado/a são formulados exatamente da mesma forma:

  • Utiliza sempre o mesmo nome de empresa (com/sem Lda, etc.)
  • Ajusta amorada se necessário ("Rua" ou "Av." etc.)
  • Utiliza a mesma grafia do teu número de telefone

Vale a pena definir rigorosamente os dados do NAP desde o início e rastrear em que portais a tua empresa está representada. Desta forma, terás a tarefa facilitada se alterares os dados mais tarde e não terás de recomeçar o tedioso e minucioso trabalho.

Alternativamente, também podes usar um pouco do teu orçamento e recorrer a uma ferramenta como uberall ou brightlocal para te poupar tempo. Se quiseres ser classificado/a localmente com o teu site local, deves, de qualquer forma, implementar este ponto.

Otimiza o teu perfil do Google MyBusiness

Não só podes aumentar a tua visibilidade no teu próprio site, como também há muito potencial de otimização no teu perfil do Google MyBusiness. O Google MyBusiness refere-se à entrada da tua empresa no Google Maps.

Assumindo que confirmaste a propriedade da tua listagem, eis como deves proceder passo a passo:

  1. Inserir o nome da empresa (no item de menu "Info").
  2. Ajustar morada/número de telefone (ver NAP acima, todos estes dados devem ser os mesmos em todo o lado).
  3. Pode deixars de fora a área de influência porque estás potencialmente a oferecer o teu serviço de web design em todo o lado.
  4. Acrescenta horário de funcionamento: este é um ponto muito importante. Mesmo que o teu escritório não esteja aberto ao público, deves fornecer aqui informações válidas e, pelo menos, introduzir os horários em que podes ser contactado por telefone. Certifica-te também de que manténs atualizado o horário de funcionamento especial (Páscoa, Natal, etc.).
  5. Adiciona as categorias principal e secundária da tua empresa. No teu caso, isso é, naturalmente, design web.
  6. Introduz todos os serviços que ofereces. Podes introduzir os serviços correspondentes para cada uma das categorias que criaste no ponto 5. Utiliza as palavras-chave que já pesquisaste.
  7. Cria um nome curto (na secção "Info"). Isto dá-te a possibilidade de gerar um bom link para o teu perfil.

Construir avaliações

As avaliações da tua listagem MyBusiness do Google são o culminar de todos os teus esforços para um bom posicionamento local da tua agência WordPress. Não só devido à construção de confiança, mas também como fator de relevância local da tua agência, o desenvolvimento e manutenção das avaliações e comentários é extremamente importante.

Antes de mais, já todos podem reconhecer as avaliações falsas. Por isso, abstem-te de contratar rapidamente amigos/as para avaliarem a tua agência, porque isso é contraproducente, na melhor das hipóteses. Investe antes o teu tempo numa estratégia limpa. Eis como se deve proceder:

Torna-a fácil, simples, ridícula

Muito poucas pessoas tomam a iniciativa própria de fazer uma avaliação ou escrever um comentário. A menos, é claro, que esta seja negativa. Para trabalhares da forma mais eficiente possível neste momento, podes recorrer a alguns truques.

Cria um link de comentário/avaliação: O mais importante é que leves os/as clientes a fazer a avaliação, sem influenciar a sua decisão. Isto significa fornecer um link que os/as leve diretamente ao local da avaliação. Podes copiar isto do teu perfil do Google MyBusiness. Para isso, navega no item do menu "Página inicial" até ao bloco "Obter mais avaliações" e partilha o formulário.

Google MyBusiness: Get more reviews
O link para as avaliações no Google MyBusiness

Usa códigos QR

Em alternativa, podes também utilizar uma ferramenta online gratuita onde podes criar um código QR no segundo passo. Para gerar o tal código QR, só precisas do link que acabaste de criar a partir do teu perfil Google MyBusiness. Copia este link para uma ferramenta online gratuita (encontrarás muitos geradores de código QR no Google) e exporta o código.

Para que não tenhas de enviar e-mails aos teus parceiros de projeto em intervalos (ir)regulares, podes também imprimir o código QR e consultá-lo durante uma reunião. Antes de enviares os dados para impressão deves, no entanto, testar o código com o teu próprio smartphone.

Pergunta ativamente

Agora que tens o "hardware" para gerar avaliações, podes avançar com a "construção" propriamente dita. Se já tens clientes, o primeiro passo é pedir-lhes uma avaliação honesta dos teus projetos anteriores. Escreve um e-mail agradável e personalizado pedindo uma análise honesta. Utiliza os recursos que acabaste de criar, o link e o código QR.

Conclusão sobre a SEO local

Nunca há uma receita secreta ou um roteiro perfeito para a otimização dos motores de busca. Cada projeto, cada posição de partida é diferente. Tens de abordar o teu projeto com esta atitude básica. Especialmente num nicho competitivo como o web design, classificá-lo não é algo trivial.

Se seguires os conselhos acima, estarás numa óptima posição para dominares os resultados da busca na tua zona com a tua agência WordPress.

As tuas perguntas sobre SEO local para agências

Tens perguntas para o Maurice sobre SEO local? Aguardamos com expetativa o teu comentário. Estás interessado/a em WordPress e marketing online? Então segue a RAIDBOXES no Twitter, Facebook, LinkedIn ou através da nossa bnewsletter.

Maurice é o fundador da agência web webstube da Suábia. É particularmente apaixonado pela otimização dos motores de busca e experiência de utilizador. Para ele, visibilidade significa independência, porque qualquer área que não trate proativamente da sua própria visibilidade será, mais cedo ou mais tarde, engolida por modelos de plataforma. Desde pequenos/as trabalhadores/as a empresas industriais, o Maurice já ajudou empresas de todos os tamanhos a tornarem-se mais independentes.

Artigos relacionados

Comentários sobre este artigo

Escreve um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.