Projetos de clientes com WordPress: Do planeamento ao posicionamento

7 min.
WordPress Projects Planning

Agências e freelancers para WordPress são confrontados/as com uma grande variedade de tópicos: do desempenho ao posicionamento para SEO e redes sociais. 9 perguntas para o nosso parceiro de agência Sven Jagata da Kreative Kommunikation: Como é que ele lida com tais exigências? E quais são as suas melhores dicas para um planeamento impecável de projetos?

A infraestrutura certa como base

Sven, mudaste recentemente uma loja WooCommerce para nós porque ela foi mencionada na televisão e era de esperar um tráfego significativamente maior. Qual é a tua experiência com a RAIDBOXES?

Já sou um "reincidente" na RAIDBOXES e só posso dizer que, como sempre, correu absolutamente bem. Só o seu serviço de alojamento por si só tirou-me muito trabalho de cima dos ombros. Além disso, deu-me algumas dicas sobre como fazer com que o site tenha um desempenho ainda maior.

Escolhi-vos porque tenho 100% de certeza de poder contar com uma infraestrutura absolutamente profissional e, acima de tudo, fiável para os meus projetos de clientes. Tenho sempre uma boa sensação para mim e especialmente para os meus e minhas clientes.

Para além do nosso alojamento gerido, como fazes para que um site tenha o melhor desempenho possível?

O lema acima de tudo é: "Menos é mais". Isto significa prestar uma atenção escrupulosa aos tamanhos de imagem durante o desenvolvimento e apenas instalar os plugins absolutamente necessários. Além disso, tive excelentes experiências com PrestoPlayer em ligação com o bunny.net enquanto servidor de streaming e CDN, especialmente com a integração de vídeo.

Outro exemplo é uma plataforma de conhecimento com WordPress, que tu realizaste. Que plugins são aqui utilizados?

Nesta plataforna são vendidos cursos online sobre gestão da ansiedade. Aqui, em consulta com a nossa cliente, definimos Tutor LMS. Com uma ligação a WooCommerce e em ligação com germanized. Como em todos os projetos na RAIDBOXES até agora, foi realmente divertido fazer o desenvolvimento diretamente na BOX. Com estes tempos de carregamento, já não necessário um ambiente de desenvolvimento local.

Comunicação e aconselhamento ao cliente

Como procedes geralmente quando planeias um novo projeto de cliente? Como é que descobres exatamente o que os/as clientes precisam?

Para este efeito, preparei um documento no qual são solicitados todos os pontos relevantes. Acima de tudo, as expetativas do site devem ser descritas com muita precisão. Aconselhar os/as clientes é sempre a minha prioridade. Mesmo que isso torne o projeto mais pequeno. Além disso, conhelo o negócio do/a cliente com tal detalhe, que me posso sentar no seu lugar.

As minhas recomendações são, portanto, sempre feitas na perspetiva de "O que é que eu faria no lugar do cliente? Esta abordagem provou absolutamente a sua eficácia e leva, em última análise, a que todas as partes envolvidas saibam exatamente o que se passa: o que se espera das pessoas? Quem tem de entregar o quê e até quando?

Durante o desenvolvimento, asseguro-me de que a comunicação é o mais próxima possível. Mesmo que não haja muitas notícias a relatar, um "sinal de vida" vale o seu peso em ouro. Quanto mais tempo um/a cliente estiver sem ter notícias, mais inseguro/a fica em relação ao ter tomado a decisão certa na adjudicação do projeto. Afinal, do seu ponto de vista, muita "magia" já está a acontecer, ou seja, coisas que ele/ela não compreende e também não precisa de compreender. Umreunião regular é bálsamo para a alma do/a cliente. Isso gera confiança, mesmo que leve tempo.

Tu ajudas os teus e tuas clientes não só com a criação do site, mas também com o posicionamento no mercado. Quais são as suas primeiras medidas mais importantes que podes recomendar?

Especialmente com trabalhadores independentes, a palavra um pouco "irritante" PORQUÊ está em primeiro plano:

  • Porque é que o/a cliente faz o que faz como trabalhador/a independente?
  • Porque é que ele/ela está onde está com o seu negócio?
  • Porque haveriam as outras pessoas de comprar justamente a ele/ela?

Depois de responder a estas perguntas, o foco é normalmente a criação de uma persona. Todas estas são questões e tarefas que não estão sujeitas ao "imposto de diversão", mas sem a sua conclusão, o posicionamento orientado para o alvo simplesmente não é possível. Só depois disto é que a atenção se concentra nos concorrentes do mercado, a fim de adaptar os produtos e/ou serviços à pessoa e à situação do mercado.

É certo que este é um processo moroso. Mas se o seguirmos de forma consistente, acabaremos com uma estratégia feita à medida com um elevado potencial de sucesso. Se quiseres chegar a toda a gente, acabarás por não chegar a ninguém. Gerar este entendimento no/a cliente costuma ser a tarefa mais difícil.

Tens clientes de diferentes setores. Como consegues colocar-te no lugar do respetivo grupo-alvo?

Juntam-se aqui várias circunstâncias. Por um lado, na minha trajetória profissional e nos meus agora 50 anos de vida, tive a possibilidade de realizar muitas atividades diferentes e a conhecer muitos setores. Por outro lado, visito as instalações do/a cliente, especialmente no início de um diálogo. Assim, posso ter uma ideia do negócio. Além disso, fazer perguntas e ouvir são fundamentais para me poder colocar no lugar do/a cliente.

SEO necessita de trabalho preparatório

Muitas empresas gostariam de investir mais em SEO e redes sociais. Quais as primeiras medidas que trazem um nível de visibilidade relativamente alto, com pouco esforço ao mesmo tempo?

A otimização dos motores de busca é sempre uma maratona e nunca um sprint. Pela minha experiência, a clareza sobre o que é realmente a otimização dos motores de busca é essencial no início. E o que é suposto conseguir-se. As ideias sobre este "desporto" são por vezes aventureiras - e, infelizmente, muitas vezes exploradas descaradamente por algumas agências. Como no balcão da charcutaria, é oferecido um "um pedaço de SEO".

Sem um trabalho substancial de preparação e desenvolvimento de estratégias, rapidamente se corre para um espaço vazio. Isto desperdiça tempo valioso e dinheiro. Se os/as empresários não tiverem a certeza de como começar, ou se não estiverem ou estiverem apenas parcialmente conscientes das complexas relações, recomendo a ajuda de um consultor. Pelo menos no início do projeto. A pesquisa por palavras-chave é um fator significativo neste caso.

As medidas de otimização são realizadas nesta base. Se cometeres erros aqui - por exemplo, por não teres em conta a intenção de pesquisa ou a concorrência - podes dirigir os/as visitantes à tua própria página. No entanto, eles/elas não estão interessados/as nos produtos ou serviços. Em vez disso, só querem informações, por exemplo, para que possam desaparecer de novo. Ou, apesar de todos os esforços, a entrada no top 10 da Google e companhia simplesmente não é bem sucedida.

Uma vez definidos os objetivos, selecionadas as palavras-chave (consultas de pesquisa) e elaborado um plano de ação pelo menos conciso, é perfeitamente possível fazê-lo tu mesmo/a com a ajuda de um plugin apropriado. Pessoalmente prefiro a versão atual do Rank Math como plugin de otimização. No entanto, deves estar sempre atento/a ao desenvolvimento dos teus próprios rankings e da tua concorrência. Pessoalmente, tenho trabalhado com a solução Sistrix durante anos.

No entanto, uma vez que este software também não é barato, pode ser aconselhável ter uma agência que forneça o desenvolvimento durante o projeto. Em cada caso individual tem de ser decidido que recurso é mais valioso para os/as empresários/as: tempo ou dinheiro. Uma das duas deve ser utilizada em qualquer caso. Duas medidas recomendadas que toda gente pode e deve tomar são: criação e manutenção da conta Google My Business e procura de links de outros sites. Estas podem ser fornecedores, clientes e portais de negócios.

Redes sociais: A escolha certa

O que recomendas e porquê: preferes ter um canal de rede social, e fazê-lo corretamente, ou vários logo desde o início?

Depende. Muitos esquecem a palavra "social" nas "redes sociais". A interação muito importante. Isto significa que se simplesmente não te sentires confortável numa plataforma, mesmo depois de várias semanas, provavelmente não terás sucesso. Além disso, a escolha da plataforma depende fortemente do grupo-alvo a ser atingido. Simplesmente não faz sentido conduzires a tua carrinha cheio de produtos de charcutaria até um mercado para veganos.

Depois depende de quanto tempo se pode ou se quer gastar. Por isso, é muitas vezes aconselhável verificar exatamente qual o canal adequado a fim de se ganhar experiência inicial em apenas um canal. Também não se deve descurar a familiaridade do serviço ou produtos. Quanto mais desconhecido for um produto ou serviço, mais sensato é estar presente nos canais de redes sociais, uma vez que aqui se pode abordar proativamente o grupo-alvo.

Pouco depois da invenção do automóvel, ninguém teria procurado um carro num motor de busca, mas sim uma carruagem ou um cavalo. O mesmo se aplica aqui - independentemente da dimensão da empresa: sem uma definição clara do grupo-alvo, uma análise da concorrência, da situação do mercado, bem como sem uma estratégia, é praticamente impossível ser bem sucedido nas redes sociais.

Algumas palavras sobre ti e a tua agência?

Graças à empresa do meu pai, comecei a lidar com as TI em geral já em meados dos anos 90. Tratava-se de configurar uma rede empresarial e criar uma solução de software para o setor que ainda não existia na época. Também fui incumbido da conceção de brochuras de vendas. Já naquela época, a combinação de criatividade e tecnologia era muito atraente para mim. Pouco depois criei o primeiro site baseado em HTML.

Assim, através daquilo que fui aprendendo com a prática e da formação contínua regular, tornei-me um generalista quase que sozinho. Mesmo que ecoe de todos os lados que TENS DE te especializar, a experiência com os meus e minhas clientes é aqui bastante diferente. O meu grupo-alvo são empresas individuais e pequenas empresas. E apreciam o facto de poderem recorrer a mim tanto para a criação e expansão do seu site como para questões sobre otimização de motores de busca ou redes sociais. Afinal, as pequenas empresas não estão em condições de contratar a sua própria agência para cada tarefa ou problema.

Nos últimos dois anos, tenho estado cada vez mais envolvido com o mapeamento dos processos de venda em WordPress. Entretanto, tenho desenvolvido várias soluções para os meus e minhas clientes. Por exemplo, um sistema de tickets, uma plataforma para cursos online ou a distribuição de produtos digitais e seminários presenciais. Quando as pessoas me perguntam hoje se me vou especializar num dos meus temas no futuro, a resposta continua a ser um claro "não".

Sou apaixonado pela variedade de possibilidades digitais e gosto sempre muito de continuar a aprender e fazer formação. Estou plenamente consciente de que haverá sempre alguém por aí que poderá fazer a tarefa individual melhor do que eu. Enquanto eu também comunicar isto aberta e claramente aos meus e minhas clientes e interessados/as, nunca criarei falsas expetativas que não possa satisfazer. O/A cliente sabe sempre onde está comigo e com a minha agência. Para mim, isto - para além da fiabilidade absoluta - é a chave para um relacionamento de parceria em pé de igualdade.

As tuas perguntas sobre projetos de clientes com WordPress

Que perguntas tens para o Sven? Aguardamos os teus comentários. Interessa-te por temas atuais em torno de WordPress e WooCommerce? Então segue a RAIDBOXES no Twitter, Facebook, LinkedIn ou através da nossa newsletter.

O Michael é responsável pelas áreas de conteúdo e saúde mental na RAIDBOXES. Desde 2007 que ele é bastante ativo nas comunidades de bloggers e WordPress. Entre outras coisas, como co-organizador de eventos WordPress, autor de livros e formador de blogues corporativos. Ele gosta muito de escrever em blogues, tanto a nível profissional como pessoal. O Michael trabalha e escreve remotamente a partir da ensolarada cidade de Friburgo.

Artigos relacionados

Comentários sobre este artigo

Escreve um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.