Você deve considerar WooCommerceHosting estes 4 fatores com o seu

Tobias Schüring Actualizado em 20.10.2020
7 min.
Alojamento WooCommerce Portugal
Última atualização em 20.10.2020

Se operas uma loja WooCommerce, deves estar ciente de algumas especificidades sobre o alojamento e otimização do teu site WordPress. É por isso que hoje te mostramos a que deves estar atento alojamento WooCommerce , a fim de otimizar a experiência do utilizador dos teus clientes, o ranking do motor de busca da tua loja e as tuas conversões.

De acordo com os dados atuais da BuildWith , 22% dos primeiros um milhão de sites de comércio eletrónico utilizam o sistema de loja WooCommerce. Isto significa que o popular plugin WordPress tem a maior quota de mercado, seguido do Shopify (17%) e Magento (13%). O sucesso não é coincidência: com o plugin gratuito, o teu site WordPress pode ser transformado numa loja online totalmente funcional. Com mais de 4 milhões de instalações ativas, é um dos plugins WP mais populares de todos os tempos. 

Podes ler sobre as vantagens e possíveis problemas que o WooCommerce tem em relação a outros sistemas de loja no nosso artigo "WooCommerce: As vantagens e desvantagens do popular plugin de loja" .

Uma loja online sobrecarregada prejudica o teu negócio

De acordo com um infográfico da Truconversion , apenas um segundo de tempo de carregamento adicional lrv a uma redução da tua taxa de conversão em 7% e 11% menos visualizações de página. Estas estatísticas frequentemente citadas mostram claramente como o desempenho da página é importante para o teu sucesso. Uma experiência negativa do utilizador não só leva a mais desistências no processo de checkout, mas também reduz a taxa de recomendação. 

Optimizar o desempenho da tua loja não só melhora a experiência de utilizador dos teus clientes, mas também a tua visibilidade. Afinal de contas, desde 2010 que a velocidade da página já é um fator oficial de classificação. A partir de julho de 2018, o Google também incluirá o Page Speed para pesquisa móvel .

Deves considerar estas 4 coisas ao alojares a tua loja

Como os sites WooCommerce geralmente geram uma grande quantidade de dados e consultas, eles têm requisitos especiais para o alojamento e também exigem uma ou outra medida de otimização. Por este motivo, hoje vou mostrar-te quatro coisas que deves considerar ao alojares WooCommerce:

1. Cache

Com a ajuda da Cache um site WordPress normal consegue suportar uma carga de milhares de visitantes. A cache armazena temporariamente conteúdos estáticos, como folhas de estilo, JavaScript, imagens, etc. e entrega-os quando a página é chamada ou solicitada. Na nossa tarifa STARTER, por exemplo, podem ser respondidas até 75.000 chamadas em cache em um minuto .

Como funciona a cache para as lojas WooCommerce?

Para que as lojas online funcionem corretamente, têm de existir algumas exceções relativamente à cache. Um bom exemplo de tais exceções é o carrinho de compras. Armazenar na cache esta área da tua loja não só levaria a um caos total com as encomendas, como também seria problemático do ponto de vista da proteção de dados. Por este motivo, com o alojamento Woocommerce, é simplesmente necessário excluir sistematicamente certas áreas da cache.

É, portanto, crucial que tu, como operador de loja, conheças a carga de visitantes que tua loja pode suportar. Podes verificar isso, por exemplo, com
Loader.io . A ferramenta simula acessos ao seu site e mostra quando a sua loja corre o risco de desabar sob a carga ou de abrandar tanto que os utilizadores abandonam a visita. Se você preferir trabalhar com a linha de comando, você também pode usar o A ferramenta simula o acesso ao teu site e mostra quando a tua loja corre o risco de desabar perante o elevado tráfego ou de abrandar tanto que os utilizadores desistam da visita. Se preferires trabalhar com a linha de comando, podes também usar a Apache Benchmark Tool .

Outra área que não pode ser armazenada em cache é o backend do WordPress. Sem medidas de otimização, grandes ações, como uploads em massa de imagens de produtos ou o processamento de muitas informações de produtos, levam a longos tempos de carregamento.

Visitantes simultâneos no teu carrinho de compras ou grandes ações no backend são refletidos diretamente no desempenho do processador. Para uma otimização destas áreas dinâmicas, é necessário "apertar outros parafusos" para além da cache.

2. O alojamento WooCommerce precisa de servidores poderosos

Como uma loja WooCommerce gera muito conteúdo dinâmico e pedidos que não podem ser armazenados em cache, é necessário um desempenho de servidor correspondentemente forte.

Dependendo do tamanho e popularidade da tua loja, podem estar dezenas de milhares de visitantes no teu site, simultaneamente durante o horário de pico de compras, à procura de produtos, a filtrar itens por categoria de produto, a encher o carrinho de compras e a fazer compras.

O alojamento da tua loja deve estar preparado exatamente para este caso. Afinal de contas, cada segundo que a tua loja WooCommerce demora a mais a carregar, fica sobrecarregada ou mesmo offline, significa uma perda de potencial receita.

Mais potência da CPU com muitos visitantes e alto volume de pedidos

Uma importante medida de otimização para o alojamento da tua loja WooCommerce é o aumento do núcleo da CPU. Afinal, o servidor tem de ser capaz de lidar com um elevado número de visitantes e consultas de banco de dados correspondentes (por exemplo, exibindo produtos de acordo com diferentes filtros). O nosso Diretor de Tecnologia gosta de usar a metáfora de uma loja de batatas fritas para explicar o princípio:

Imagina que o servidor do teu site WordPress é uma loja de batatas fritas. Cada empregado da loja representa um núcleo da CPU. Se houver apenas um vendedor atrás do balcão, apenas um pedido pode ser processado de cada vez. Com poucos visitantes, isto não é um problema.

No entanto, se o número de visitantes aumentar, o vendedor de batatas fritas fica sobrecarregado com os pedidos, são necessários mais empregados (ou seja, mais núcleos de CPU). Quanto mais empregados houver na loja de batatas, mais pedidos podem ser processados simultaneamente.

alojamento WooCommerce
Os empregados da loja no gráfico representam os núcleos da CPU do servidor. Quanto mais núcleos, mais visitantes a tua loja consegue suportar.

Neste contexto, é importante entender que mais núcleos de CPU não melhoram automaticamente o tempo de carregamento do teu site - afinal, os núcleos individuais funcionam com a mesma rapidez. Em vez disso, aumentar o número de núcleos garante que mais pedidos possam ser processados ao mesmo tempo sem que a tua loja fique sobrecarregada.

Dá à tua loja limite de memória PHP suficiente!

A otimização do desempenho do servidor não envolve apenas núcleos de CPU e memória principal (RAM), mas também um limite de memória PHP apropriado. Isto determina a quantidade máxima de memória disponível para os processos PHP. Este limite definido impede, por exemplo, que o servidor fique sobrecarregado por um skript defeituoso.

Um limite de memória PHP mais alto é útil para sites mais complexos, como uma loja online, para que o servidor possa suportar processos grandes e simultâneos. Por este motivo, o limite de memória PHP para as nossas soluções WooCommerce é de 512 megabytes.

O versão mínima do PHP recomendada por WooCommerce é o PHP 7.2. Com a RAIDBOXES tens também a possibilidade de atualizar a tua loja para as versões ainda mais rápidas do PHP 7.3, com apenas um clique.

Quantos núcleos de CPU a tua loja WooCommerce precisa?

A pergunta relatova às especificações exatas que um alojamento WooCommerce oferece, depende, entre outras coisas, dos teus visitantes mensais e das visualizações por minuto e, portanto, não pode ser respondida generalizada. Na página do nosso WooCommerce-Tarifas encontras uma pequena orientação para te ajudar a escolher a solução de alojamento certa para a tua loja.

WooCommerceHosting  Tarifas RAIDBOXES


Outro fator que determina as necessidades de desempenho do teu servidor é o número, tamanho e qualidade dos teus plugins. Por exemplo, se usas um plugin maior, como o 
Yoast SEO, que tem de ser carregado em cada uma das tuas páginas, o teu servidor deve ter a potência apropriada. O mesmo se aplica se quiseres ligar um sistema de caixa registadora analógica à tua loja e o servidor tem constantemente de processar pedidos em tempo real.

3. Muitas fotos = maior necessidade de otimização

Grandes imagens e gráficos podem ser um grande devoradorr de desempenho. Uma vez que as lojas online geralmente precisam de muitas imagens para exibir os seus produtos, há aqui um enorme potencial de otimização que deves explorar. Felizmente, existem vários plugins de otimização de imagemque te ajudarão nesta tarefa.

A compactação correta das tuas imagens não só tem um efeito positivo no tempo de carregamento da tua loja WooCommerce e, portanto, na experiência de utilizador dos teus clientes, mas, idealmente, melhora a tua classificação nos motores de busca e a tua taxa de conversão.

Como em qualquer site hoje em dia, também é importante que otimizes as tuas imagens para a visualização em dispositivos móveis. De acordo com um estudo do Qubit sobre comércio eletrónico , a web móvel influenciou em até 19% o total de vendas online em 2017. Além disso, os resultados do estudo mostram que as vendas online podem ser aumentadas em até 33%, melhorando a descoberta de produtos móveis.

4. Segurança e proteção de dados

Com backups e staging estás sempre seguro

Se um update de pugin ou outra alteração danificar o teu site, é essencial que a tua loja volte a funcionar o mais rapidamente possível. E é aqui que os teus backups entram em jogo: em todas as nossas tarifas WooCommerce é criado automaticamente um backup do teu site, , todas as noites, que podes rcuperar com apenas alguns cliques. Além disso, podem ser criados backups manuais a qualquer momento.

O facto de isto te poupar um plugin de backup grande é uma vantagem, tanto por razões de segurança como de desempenho. Não é por acaso que o nosso lema em relação aos plugins é: "Tanto quanto necessário, o mínimo possível!"

Para prevenir problemas no teu site ao vivo em primeiro lugar, podes usar o nosso ambiente de staging para testar alterações numa cópia da tua página. Se estiveres satisfeito com o resultado, o ambiente de teste pode ser ativado com um clique. É importante aqui que excluas as tabelas da base de dados com as encomendas e clientes ao substituir a página ao vivo. Porque enquanto estás a testar mudanças no ambiente de staging, a tua página ao vivo ainda pode receber encomendas que tu perderias ao substituir a página.

Atualmente, com o RGPD, a proteção de dados é mais importante do que nunca para os operadores de lojas

Como operador de uma loja WooCommerce, tu processas diariamente dados pessoais como endereço, dados de conta e números de cartão de crédito dos teus clientes. Especialmente no contexto do regulamento geral de proteção de dados (RGPD), deves levar a sério as questões de segurança e proteção de dados. No nosso E-Book sobre RGPD de 30 páginas, podes ler sobre as medidas que deves implementar para tornar o teu site WordPress legalmente seguro.

É melhor encontrares um host WordPress que certificados SSL gratuitosdiariamente oferece backups e WordPress gerido, atualizações de temas e plugins, e usa apenas servidores na Europa. Além disso, implementámos outras ferramentas de proteção de dados na RAIDBOXES para te libertar do trabalho que possas ter na implementação dos requisitos do RGPD. Um exemplo é o nosso WP Session Eraser ou o recurso Limit Login Attempts.

Conclusão: Um bom alojamento WooCommerce tira-te muito trabalho

Devido às suas muitas funcionalidades e processos dinâmicos, uma loja WooCommerce tem requisitos especiais de alojamento. Para poupar tempo, dinheiro e nervos, deves escolher um host que esteja familiarizado com estas especificidades, garanta o desempenho e a segurança necessários e ofereça suporte WordPress de primeira classe. 

Porque no final, seu anfitrião deve manter suas costas livres para que você possa se concentrar no essencial: O desenvolvimento da sua loja e dos seus produtos. Assim você permite aos seus clientes Porque no final, o teu host deve-te tirar trabalho para que te concentres no essencial: o desenvolvimento da tua loja e dos teus produtos. Assim, permites aos teus clientes tenham uma experiência de compra perfeita, que eles não só repetirão, mas também recomendarão a outros.

Podes encontrar mais dicas sobre WooCommerce no nosso e-book de mais de 70 páginas WooCommerce para profissionais: lojas online com WordPress. É destinado a freelancers, agências, profissionais do WP, mas também a principiantes.

Qual é a tua experiência com o alojamento WooCommerce? Que requisitos são particularmente importantes para a tua loja? Gostava de ler o teu comentário! 

Como administrador do sistema, Tobias zela pela nossa infraestrutura e faz os ajustes necessários para otimizar o desempenho dos nossos servidores. Devido ao seu esforço incansável, ele pode ser frequentemente encontrado na Slack, a nossa "sala de chat da empresa".

Artigos relacionados

Comentários sobre este artigo

Escreve um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com * .