Novidades na RAIDBOXES: Caspar Hübinger na internacionalização

Michael Firnkes Última actualização 07/07/2021
4 min.
RAIDBOXES Caspar Hübinger
Última actualização 07/07/2021

Nos próximos meses, a RAIDBOXES irá posicionar-se cada vez mais internacionalmente. Um passo importante, para o qual conseguimos conquistar um rosto proeminente da comunidade WordPress: Caspar Hübinger. Na entrevista, ele fala-nos mais sobre a sua emocionante tarefa.

Explorar novos mercados - um projeto complexo

Caspar, tu és o responsável pela internacionalização na RAIDBOXES . Quais são os teus primeiros passos?

Além da internacionalização técnica do nosso produto, a minha primeira prioridade é tornar a RAIDBOXES um local de trabalho internacionalmente atrativo. Isto inclui o fortalecimento de uma cultura "remota" na empresa, assim como a introdução de documentação em inglês e estruturas organizacionais.

És bem conhecido no cenário WordPress, entre outras coisas como orador em WordCamps por toda a Europa e fora dela. Porquê a mudança de uma agência internacional WordPress para a RAIDBOXES, que até agora tem sido relativamente local?

É verdade, estou (espero que ainda esteja) relativamente bem conetado na comunidade global WordPress e gostaria de manter e usar ativamente essa rede no meu trabalho. Eu sempre gostei de fazer isso em WordCamps.

O meu empregador anterior estava exclusivamente no mercado das grandes empresas (Fortune 500, etc.). Embora tenha aprendido muito durante o meu tempo lá, sempre me entristeceu um pouco o facto de o meu background na comunidade ser simplesmente inútil para o meu próprio trabalho.

Tenho acompanhado a RAIDBOXES desde o seu início, e sempre me senti fascinado pela sua abordagem eticamente forte à sustentabilidade e à holocracia. Tornou-se concreto quando eu quis lançar uma ideia de produto para o Johannes num WordCamp e descobri que uma ideia muito semelhante já estava nos seus planos para a RAIDBOXES . Foi aí que pensei: ok, vieste ao sítio certo.

O projeto de internacionalização envolve inúmeras tarefas que percorrem toda a empresa. Como é que te manténs a par de todos elas? E como é que se consegue meter toda a gente a bordo?

IA nternacionalização é um termo geral que abrange um conjunto de tópicos mais específicos: um produto localizável, branding (voz, tom), marketing, parcerias, estratégias de go-to-market em diferentes línguas e regiões, relações comunitárias, mas também temas relacionados com a equipa como diversidade e cultura, inglês como língua franca, trabalho remoto, direito do trabalho, etc.

Muitos deles estão intimamente interligados, outros baseiam-se uns nos outros - a partir destas prioridades faz-se um roteiro.

A mudança cultural

O salto para outros países e línguas provoca uma mudança cultural. Isso desencadeia expetativa na equipa, mas às vezes também preocupações e medos. Como reages a isto?

Com a decisão de tornar a RAIDBOXES mais visível e atrativa para além dos mercados de língua alemã, embarcámos como equipa numa viagem e, como na maioria das viagens, muitas coisas parecem desconfortáveis e desconhecidas no início.

O cérebro humano liberta primeiro as hormonas de stress em situações incertas. Neste aspeto, todos nós funcionamos da mesma forma, mas não seria correto tentar nivelar os diferentes níveis de stress individuais com uma retórica de viagem de curso, do género "Ei, bem-vind@s ao autocarro da festa, próxima paragem: todos nós falamos inglês!

Com uma equipa de atualmente 30 pessoas de uma grande variedade de origens, não posso esperar "apanhar" toda a gente a toda a hora. O que posso fazer é minimizar o potencial de interpretação (e, como tal, de stress), tornando o planeamento e a implementação de passos concretos o mais transparente possível. Por exemplo, a nomenclatura dos nossos canais Slack em inglês, ou a conversão da documentação interna para inglês. O que está a acontecer agora? Porque é que isto é importante agora? O que é que isso significa para a equipa em detalhe?

Fortalecer mercados locais

O que dizes aos e às clientes de países de língua alemã que temem que se percam as vantagens de um host local?

Na verdade, internacionalização consiste, na verdade, na localização. Semelhante a uma mercearia que abre uma filial do outro lado de uma fronteira linguística, a RAIDBOXES estará presente em mais mercados locais no futuro, incluindo mercados que não falem alemão.

Mas vocês, estimados/as clientes de língua alemã, não têm necessariamente de se aperceber disto - excepto que beneficiarão, por exemplo, se trabalharem como agência para clientes em outras regiões linguísticas. A localização do servidor na Alemanha, conformidade de proteção de dados, suporte competente em alemão, um painel de controle em alemão permanece - tudo o que torna a RAIDBOXES atrativa para vocês .

A customer experience está em primeiro plano

No início começaste com o projeto "Peer Boxes". O que foi aquilo? E que conclusões tiraste daí?

"Peer Boxes" é uma experiência de pesquisa de mercado. A RAIDBOXES foi inicialmente lançada em alemão, tanto como produto como como empresa. O painel de controle (painel de alojamento) está disponível em inglês há bastante tempo, mas ainda não tínhamos dados em inglês a customer experience (experiência do cliente).

Por isso escrevi a especialistas do WordPress de regiões onde o inglês é a língua oficial ou, pelo menos, geralmente bem compreendido e falado. Dentro do projeto que supervisionei, cada um/a dess@s especialistas implementou um site para os seus e suas clientes na RAIDBOXES, cujo desenvolvimento e alojamento patrocinámos integralmente durante um ano.

O ciclo de feedback com este grupo validou algumas das minhas suposições sobre onde ainda falta a customer experience em língua inglesa e como podemos lidar melhor com estas questões.

Já não és "novo" na RAIDBOXES, estás connosco há mais de meio ano. Porquê esta entrevista só agora?

O meu período experimental só terminou desde o final de fevereiro 🙂. Eu só queria ter a certeza que eu e a RAIDBOXES iríamos trabalhar juntos no futuro.

Nós na equipa gostamos da tua comunicação clara, mas ao mesmo tempo muito mediadora - perfeita quando as coisas ficam mais complicadas nos projetos. Como consegues ser sempre tão paciente?

Hmm, uma certa exigência do próprio profissionalismo talvez e ... idade? Aos 46 anos, sinto-me bastante descontraído. 😄 Mas honestamente, a equipa é ótima. Paciência é o que eu mais preciso comigo mesmo.

Algumas palavras sobre ti: o que fazes quando não estás ocupado com a RAIDBOXES?

Asseguro-me de ter ar fresco suficiente, e com tempo mais quente eu gosto de longboard. Ou escrevo no meu blogue.

As tuas perguntas para o Caspar

Tens perguntas para o Caspar sobre internacionalização? Escreve-nos nos comentários. Queres ser informado/a sobre novos artigos de WordPress e WooCommerce? Então segue-nos no Twitter, Facebook, LinkedIn ou através da nossa newsletter.

O Michael é responsável pelas áreas de conteúdo e saúde mental na RAIDBOXES. Desde 2007 que ele é bastante ativo nas comunidades de bloggers e WordPress. Entre outras coisas, como co-organizador de eventos WordPress, autor de livros e formador de blogues corporativos. Ele gosta muito de escrever em blogues, tanto a nível profissional como pessoal. O Michael trabalha e escreve remotamente a partir da ensolarada cidade de Friburgo.

Artigos relacionados

Comentários sobre este artigo

Escreve um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.