Criar newsletters com WordPress: Os melhores plugins em comparação

Christina Widner Última atualização 13.04.2021
7 min.
Newsletter Plugins Comparison
Última atualização 13.04.2021

Uma newsletter própria é uma das formas mais eficazes e baratas de te manteres em contacto com o teu grupo-alvo. Que opções oferece o WordPress para isto? Que plugins deverias ter no teu radar? E quais são os aspetos legais da tua própria newsletter? A nossa visão geral.

A palavra newsletter é, infelizmente, demasiadas vezes associada a irritantes e-mails de spam. Claro, disso há mais do que suficiente. Mas uma newsletter bem feita é um verdadeiro super talento no marketing online e na conversão. Vemos isto sem conta com a nossa newsletter RAIDBOXES .

Vantagens das newsletters

Quer queira enviar ao seu público os seus últimos artigos no blogue, informar sobre promoções com desconto ou mostrar-lhes as novidades na sua loja online, criar uma newsletter é uma das formas mais fáceis de fazer isso mesmo.

Além disso, uma newsletter é um dos canais mais baratos no marketing online, porque funciona sem gastar muito dinheiro em publicidade (embora possas acelerar o processo com anúncios pagos, é claro). Finalmente, convertes visitantes em assinantes de newsletter que já estão no teu site, blogue ou loja. Assim, já estás a construir passivamente a tua lista de newsletter sem muito esforço.

Executar a newsletter também não é uma ciência. Precisas de um sistema ou plugin para a tua newsletter, uma lista de assinantes e, claro, uma boa ideia ou um tema adequado que interesse ao teu grupo-alvo. Mostramos-te os plugins de WordPress com os quais podes construir a tua própria newsletter. E ainda como podes transformar os teus e tuas visitantes em assinantes com formulários para a newsletter.

Sistemas de newsletter para WordPress

Antes de mais, há a questão de qual sistema de newsletter queres usar. Aqui tens duas opções: ou constróis o teu ou usas um sistema existente. Se tens pouca experiência com newsletters, WordPress e e-mail marketing, é recomendado o uso de um sistema já existente. Os fornecedores bem conhecidos para isto são, por exemplo, Mailchimp, SendInBlue ou CleverReach.

A vantagem com tais fornecedores é que toda a infraestrutura já está pronta. Só precisas de importar uma lista dos teus e tuas assinantes, ou adicionar os formulários para reconstruires a lista no teu site. Como, por exemplo, connosco:

Depois disto, podes começar a enviar os teus e-mails imediatamente. A maioria dos fornecedores de newsletters são inicialmente de livre utilização. No entanto, com listas maiores ou necessidades de funcionalidades, deves orçamentar algo na ordem dos dois a três dígitos por mês.

Se já tens alguma experiência com WordPress, podes também construir o teu próprio sistema de newsletter com plugins. Para este fim, existem vários plugins conhecidos, dos quais gostaríamos de apresentar três.

Plugin de newsletters

O plugin Newsletter de Stefano Lissa & The Newsletter Team é utilizado ativamente por mais de 300.000 instalações de WordPress. Com 4,5 das cinco estrelas possíveis e quase 1.000 classificações, é um dos mais utilizados e mais populares plugins para e-mail marketing no diretório de plugins do WordPress e WooCommerce.

WordPress Plugin Newsletter
O plugin "Newsletter" do WordPress

Com este plugin podes recolher assinantes em número ilimitado e enviar newsletters, há uma verificação de spam incorporada e um editor de drag-and-drop (arrastar e soltar) para a criação de cada newsletter. Além disso, podes alargar ainda mais o plugin com muitas extensões gratuitas e pagas. Os criadores mostram-no como pronto para RGPD e SMTP; mais algumas notas sobre proteção de dados daqui a pouco.

MailPoet - E-mails e newsletters no WordPress

O plugin MailPoet 3 é um clássico. Atualmente é utilizado por mais de 100.000 instalações ativas de WordPress e vem com pouco menos de 1.000 revisões em 4,5 de cinco estrelas possíveis.

MailPoet é visualmente melhor adaptado a WordPress e, como tal, a sua utilização é mais agradável para principiantes. Mas a funcionalidade é semelhante. Com o MailPoet podes criar formulários e newsletters, ter uma integração para WooCommerce, obter estatísticas e modelos prontos para uso gratuitamente.

Existe também a opção de utilizares o serviço de envio do MailPoet. Desta forma, não tens de enviar os teus e-mails através do teu host. O serviço de envio é gratuito para até 1.000 assinantes, acima do qual tens de pagar para fazer o upgrade (ou usar o teu próprio host).

MailPoet WordPress Plugin
MailPoet 3 para WordPress e WooCommerce

Assinantes de e-mail e newsletters

O plugin Email Subscribers & Newsletters da Icegram tem números igualmente impressionantes como o MailPoet: mais de 100.000 instalações ctivas, 4,5 em cada cinco estrelas, quase 1.000 avaliações.

Também com este plugin podes recolher contactos ilimitados, enviar newsletters, criar modelos de e-mail e várias listas. Vem com uma verificação integrada de spam, mailings automáticos para novos artigos do blogue e uma série de formulários já prontos.

Com a versão Pro paga do plugin podes também desbloquear funcionalidades adicionais. Por exemplo, sequências de autoresponder que automaticamente enviam e-mails de acordo com um padrão definido por ti. Isto permite-te criar rotas de e-mails completas uma vez e enviá-las aos teus/tuas novos/as subscritores/as.

Email Subscribers Newsletters Plugin
O plugin Email Subscribers & Newsletters

Naturalmente, há muito mais plugins para se construir uma newsletter com WordPress. Para encontrares o correto, podes instalar uma seleção deles e testar qual deles se adapta melhor às tuas necessidades.Basta procurares por"Newsletter" no diretório de plugins do WordPress.

Presta atenção às instalações ativas, bem como às avaliações dos plugins individuais. Para mais informações sobre a escolha de plugins WordPress, consulta o nosso tutorial sobre a escolha do plugin.

Mailchimp, SendInBlue e outros: Integrar formulários de newsletter

Como mencionado acima, não tens necessariamente de ser tu próprio/a a construir o teu sistema de newsletter. Podes também escolher fornecedores de e-mail marketing como Mailchimp, SendInBlue, CleverReach e outros. que fazem todo este trabalho por ti.

Além de escreveres e enviares a newsletter, só tens de fazer uma coisa sozinho: Recolher os endereços de e-mail dos seus e tuas visitantes.

Integrar formulários no WordPress

Podes fazer isto com os chamados formulários, que podes integrar no teu site. Exemplos de colocações adequadas são a barra lateral, sob cada artigo, como um pop-up ou numa página de newsletter separada que podes ligar no menu, cabeçalho ou rodapé.

Quase todos os principais fornecedores de e-mail marketing oferecem os próprios plugins de WordPress para formulários que podes incluir no teu site. Por exemplo: Se decidires usar o Mailchimp, basta procurares por "Mailchimp form" no diretório do plugin e escolher um dos fornecedores. Idealmente, um com muitas instalações ativas, boas avaliações e uma versão o mais atualizada possível.

A integração do Mailchimp WordPress

Como existem inúmeros fornecedores diferentes para e-mail marketing e os plugins funcionam sempre de forma semelhante no núcleo, apresentamos a integração destes plugins apenas utilizando o exemplo do Mailchimp. Para isto escolhemos o plugin provavelmente mais conhecido, o MC4WP: Mailchimp for WordPress, com mais de dois milhões de instalações ativas.

Uma vez instalado e ativado, tens de conetar o plugin com teu fornecedor de newsletter. Isto geralmente é feito através de uma interface API. Durante o processo, os plugins explicam-te exatamente como isto funciona e onde podes encontrar as informações necessárias no teu fornecedor.

Mailchimp WordPress API
As configurações de API no Mailchimp para WordPress

Feito isto, crias um formulário. Coloca-lo ou por código ou - um pouco mais fácil - por shortcode onde desejares. Alguns plugins de formulário também vêm com widgets adequados que podes integrar nos vários lugares de widgets dentro da tua página WordPress.

Quando os teus/tuas visitantes quiserem subscrever, só precisam de introduzir os seus dados. O plugin transfere tudo para o teu fornecedor de newsletter, que faz o resto.

Double-Opt-In e RGPD

Importante: Uma newsletter é um tópico sensível quando se trata de proteção de dados. Deves observar certas regras legais básicas se quiseres operar uma newsletter em conformidade com a lei.

Por exemplo, é importante utilizares um sistema chamado double opt-in, ou seja, voltas a perguntar aos teus e tuas utilizadoras por e-mail depois do registo do seu endereço se eles realmente querem receber a newsletter. Isto impede que uma terceira pessoa registe outras pessoas sem autorização para receber newsletters.

Tu também tens de assegurar que informas os teus e tuas utilizadoras sobre o que acontece exatamente aos seus dados, como eles são armazenados e o que tu fazes com os dados depois de eles/as cancelarem a sua inscrição. Esta informação pertence à tua política de privacidade - e deve ser dada a conhecer aquando do registo dos/as utilizadores/as.

A melhor maneira de garantires isto é fazeres uma caixa de verificação obrigatória para o registo, com a qual os/as visitantes verificam se leram a política de privacidade. Outros tópicos incluem a chamada proibição de acoplamento do RGPD ao teu e-mail marketing. Vê as nossas explicações sobre isto. Todos os pontos acima mencionados devem ser verificados por um advogado/a especializado/a em direito online para que estejas protegido.

Todos os plugins apresentados oferecem a opção de se criar uma newsletter em conformidade com o RGPD. No entanto, será útil leres mais acerca disto e, em caso de dúvida, consulta também um/a advogado/a especializado/a em proteção de dados que, em colaboração contigo, irá preparar a tua newsletter de acordo com a lei.

Conclusão: Criar newsletters é muito fácil com WordPress

Como em quase todos os desafios que possas ter com WordPress, há muitos plugins disponíveis no diretório de plugins do WordPress para a criação de uma newsletter. Todos eles simplificam consideravelmente a configuração. Só tens de decidir por ti mesmo se queres usar o teu próprio sistema ou um fornecedor de newsletter conhecido. Em seguida, podes configurar uma newsletter com alguns cliques ou acoplar com formulários a outros fornecedores.

Em termos de custos, uma newsletter também não é um grande obstáculo: A maioria dos plugins oferece versões gratuitas para o início, a maioria dos fornecedores também tem um limite até o qual podes operar a tua newsletter gratuitamente. Se a sua lista de newsletter crescer com o tempo, podes continuar com meios financeiros ainda pequenos - mas a tua newsletter, na melhor das hipóteses, já te trará um retorno sob a forma de visitas recorrentes e, em última análise, clientes. Para tal, deves idealmente medir quais os/as visitantes que vêm através da newsletter e depois também convertem ou te compram algo.

Desde que prestes atenção ao RGPD, é uma boa ideia recolher endereços de e-mail, mesmo que ainda não tenhas uma newsletter regular. Uma grande lista de e-mails pode dar um bom empurrão ao teu marketing online. Com uma lista já existente, não precisas de começar do zero com a tua futura newsletter.

As tuas perguntas sobre plugins de newsletters

Qual o plugin de newsletter que usas? Que perguntas tens sobre as extensões apresentadas? Escreve-nos nos comentários. Queres mais dicas sobre WordPress e WooCommerce? Então segue-nos no Twitter, Facebook, LinkedIn ou através da nossa newsletter.

A Christina é redatora de serviços na BASIC thinking, uma das maiores revistas de tecnologia da Alemanha. Os seus tópicos incluem tecnologia, economia e marketing. Desde há vários anos que ela trabalha com WordPress na BASIC thinking assim como nos seus próprios projetos.

Artigos relacionados

Comentários sobre este artigo

Escreve um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.